Dicas de boa convivência em condomínio

A boa convivência em um condomínio é um fator extremamente importante para a qualidade de vida de todos que vivem e/ou trabalham ali e para a apresentação do condomínio perante a sociedade.

As atitudes de valorização e conservação do bem comum são tão importantes quanto o respeito às regras estabelecidas na convenção e no Regulamento.

É aqui que entram as atitudes para um bom convívio, gestos de gentileza e atenção para com o outro, que podem tornar mais fácil e agradável à vida em condomínio.

 Dicas de boa convivência em condomínio

Dentro de casa

– Respeite os horários de silêncio estabelecidos pelo condomínio. Música alta, furadeira, máquina de lavar e outras atividades que produzem muito barulho somente entre as 10h e às 22h.

– Evite ao máximo andar de salto alto dentro de casa, a não ser que ela seja toda acarpetada. Só assim o som será abafado no andar de baixo e não incomodara os moradores que poderão estar dormindo.

– Se for permitido animais de estimação no condomínio e o de um vizinho estiver fazendo muito barulho, antes de qualquer coisa, converse com o dono. Muitas vezes, o proprietário do cão ou gato passa o dia inteiro fora de casa e nem sabe que o animalzinho está incomodando alguém.

– Quando fizer festa em casa, não é necessário convidar os vizinhos, mas é preciso respeitar o horário de silêncio, que começa às 22h.

– Evite falar ou brigar em volume alto. Os vizinhos não precisam ficar sabendo da sua vida particular.

– Caso um vizinho esteja brigando e se excedendo em casa, interfone para a portaria e peça para que o síndico ou zelador converse com ele para amenizar a situação.

– Na hora de mudar os móveis de lugar ou fazer outros barulhos que podem incomodar o vizinho de baixo ou de cima, use o bom senso: faça isso em horários razoáveis para evitar acordar o seu vizinho.

No elevador

– Circular sem camisa, em roupas de banho ou em pijamas pelo prédio é deselegante e pode causar desconforto para as outras pessoas.

– O porteiro é um funcionário de todo o condomínio e não exclusivamente de um morador. Não solicite para que ele abandone o posto dele para fazer alguma atividade particular: além de errado, pode colocar em risco a segurança do prédio. Também, se o porteiro explicar o porquê de não poder atendê-lo, entenda.

– Tenha bons modos mesmo que esteja sozinho no elevador. Lembre-se que a maioria dos prédios, atualmente, têm câmeras de segurança.

– Carrinhos de supermercados são de uso comum e, por isso, devem ser colocados de volta no local correto, assim todos poderão encontrá-lo e utilizá-lo também.

– Utilize o elevador de serviços para subir com o carrinho de supermercados e com sacolas de compras. Assim, você deixa o elevador social fica liberado para moradores e visitantes.

– Nas áreas comuns, os cachorros devem sempre circular com coleira, focinheira e no colo do dono, inclusive em elevadores. Caso o seu cão tenha porte grande, espere o elevador ficar vazio para descer. Mas lembre-=se de primeiro saber se é permitida a presença de animais no condomínio.

– É terminantemente proibido fumar em elevadores

– Elevador não é brinquedo: é preciso educar as crianças a não apertarem diversos botões, pois podem danificar o elevador, prejudica o dia a dia das pessoas, aumenta o consumo de energia e pode até causar acidentes.

Na piscina 

– Nunca leve animais para a piscina, pois eles podem contaminar a água e até mesmo causar acidentes.

– Evite utilizar bronzeadores se for entrar na piscina. Esses produtos soltam gordura e acabam sujando a água. Além disso, ninguém é obrigado a usar bronzeador por tabela.

– Evite correr nas bordas, em volta da piscina, assim como dar saltos que molhem as pessoas que estão fora.

– Boa parte dos condomínios não permite levar aparelhos de som, pois se trata de um espaço comum e os gostos musicais são bem diferentes. Verifique a regra do seu condomínio.

– Também atente para o consumo de comidas e bebidas na área da piscina. Cuidado com pratos, copos e garrafas de vidro.  Eles devem ser utilizados fora da piscina para evitar acidentes. Prefira alimentos que não fazem sujeira e utilize copos e pratos de plásticos.

Na churrasqueira ou no salão de festas

– Cada espaço tem um limite de pessoas para garantir a segurança, o bem estar de todos e o sucesso da festa. Pergunte ao síndico ou zelador quantos convidados a festa pode ter antes de sair convidando os amigos.

– Deixe uma lista de convidados na portaria para evitar penetras e garantir a segurança.

– Em uma festa, convida-se quem tem algum tipo de amizade ou afinidade com você. Não é obrigatório convidar seus vizinhos, a não ser que eles sejam seus amigos.

– A festa precisa de música, mas tem de estar dentro de um volume razoável, que não incomode os outro moradores. O som pode ficar ligado até às 22h.

– Após a festa, deixe o local limpo ou acerte com o condomínio uma taxa de limpeza, para que um profissional deixe o local organizado e limpo para ser utilizado pelo próximo.

 Garagem

-Respeite rigorosamente as delimitações da sua vaga. Jamais pare o carro fora da faixa delimitadora, pois isso irá atrapalhar a vaga do vizinho ao lado.

-Nunca estacione na vaga de outro morador, mesmo que seja por poucos minutos. O proprietário pode chegar a qualquer momento.

 Assembleias

– Sempre faça o possível para comparecer e ajudar nas decisões do condomínio. Assim são criadas as regras para um bom convívio.

– Respeite a opinião dos outros, mesmo não concordando. Você pode argumentar sobre a sua opinião, mas se não conseguir convencer os demais condôminos, aceite a decisão final da assembleia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Open chat